Saiba quanto ganha um corretor de imóveis em uma Transação Imobiliária

redacao | 7 julho, 2017

Quanto ganha um corretor de imóveis? A resposta para essa pergunta vai depender de dois fatores principais: o primeiro é onde o corretor atua, incluindo a cidade e a empresa para a qual trabalha. O segundo é a habilidade que o corretor tem de fechar negócios, uma vez que essa é uma área onde as maiores receitas vem de comissões.

Geralmente, o corretor de imóveis não tem salário fixo. Em algumas imobiliárias ele vai receber algo próximo do mínimo e ser comissionado com cada venda ou locação. É comum ver percentuais, como 5% ou 10% da casa, apartamento, loja comercial ou lote vendido ou locado ser enviado diretamente para o bolso do corretor.

Assim, quanto maior o valor do imóvel envolvido na transação, maior será a receita obtida durante o mês. E, para vender bastante, o corretor precisa ter uma boa imagem no mercado (ou fazer parte de uma boa imobiliária) e ter habilidade o suficiente para convencer as pessoas a fechar negócio.

 

Como vender os melhores imóveis?

Agora que você já sabe quanto ganha um corretor de imóveis, é hora de entender como tirar o melhor proveito disso.

A primeira dica é se especializar transações imobiliárias, desta forma você irá conhecer normas e detalhes que não podem passar batido. Ainda que qualquer pessoa possa exercer a profissão, que é regulamentada desde 1962, para ganhar um registro no Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci), o corretor precisa ter formação técnica ou superior.  

Um corretor pode fazer um curso técnico ou superior para assumir o título de técnico em transação imobiliária, tecnólogo em gestão imobiliária ou bacharel em ciências imobiliárias. Com uma dessas credenciais ele já está apto a conseguir emprego em uma boa imobiliária.

E, nessa parte, é só escolher em qual ramo imobiliário quer atuar. Empresas que negociam imóveis mais caros pagam comissões mais altas – mas, por outro lado, as vendas podem demorar a acontecer. Já imóveis que têm preços mais acessíveis, estão bem localizados e tem uma boa procura acabam sendo vendidos ou locados mais rapidamente, ainda que a comissão não seja tão alta.

 

Empreendendo no setor imobiliário

Quem quer ter total controle sobre quanto ganha um corretor de imóveis pode abrir sua própria companhia e começar a carreira a partir daí. Mas é bom lembrar que, nesse caso, a imagem pessoal do corretor é ainda mais valorizada – e a formação técnica ou superior é muito importante, não só para obter o registro, mas também para mostrar ao público sua capacidade de encontrar as melhores opções para cada pessoa ou família.

Afinal, o público deve confiar no profissional que o ajuda a escolher a casa dos sonhos ou o apartamento perfeito. Embora essa seja uma profissão que lida muito com dinheiro, você não pode se esquecer que uma casa, para a grande maioria das pessoas, não é só um patrimônio: é um lar.

Por isso, estude bastante para chegar nessa profissão com todo o conhecimento necessário e sensibilidade para entender que cada família quer uma coisa diferente. E, quanto mais dinheiro você fizer ao realizar os sonhos das pessoas, melhor ainda.