5 dicas de sucesso para atuar como técnico em segurança do trabalho

redacao | 13 junho, 2019

O técnico em segurança do trabalho é o profissional responsável por elaborar documentos e orientar atividades que garantam a preservação física de todos os funcionários dentro de uma empresa, construção ou instalação industrial.

É desse cargo também a responsabilidade por inspecionar equipamentos, investigar e analisar causas de acidente, a fim de compreender riscos possíveis e eliminá-los, além de verificar se as condições de trabalho dentro de um ambiente estão condizentes com as normas necessárias.

Contudo, ser um bom técnico em segurança do trabalho vai muito além do que, apenas, exercer o que pede a função: é preciso ter paciência, tolerância e uma boa bagagem de conhecimento para assumir as responsabilidades que a profissão pede.

Veja aqui cinco dicas para atuar como técnico em segurança do trabalho e se tornar um profissional extremamente qualificado e valorizado pelo mercado:

 

Invista na sua formação

Quem quer trabalhar em uma loja pode aprender as funções conforme trabalha. Já o técnico em segurança do trabalho precisa ter estudo para desempenhar a função, que exige conhecimento em áreas como normas técnicas e gestão de pessoas.

É possível perseguir uma boa formação através de cursos técnicos, práticos, graduações e pós-graduações. Cabe a você decidir por onde começar.

 

Não deixe de se manter atualizado

Não é porque você conseguiu um diploma de segurança em trabalho que vai parar por aí, o mercado exige sempre mais. Pelo contrário: essa é uma área que necessita de atenção dos profissionais, uma vez que as normas e leis para ela podem mudar a qualquer momento.

Participar de palestras, congressos, simpósios e encontros de profissionais é uma boa maneira de não perder nenhum detalhe da profissão escolhida.

 

Aprenda a escrever de maneira correta

Como tem de lidar constantemente com documentos e pessoas, um bom técnico de segurança do trabalho deve evitar ao máximo erros de português em seus relatórios. Afinal, um documento bem redigido é o primeiro passo para que ele seja levado a sério e posto em prática.

Para melhorar suas habilidades com a língua escrita, leia bastante. Nada melhor do que se entregar aos livros, revistas, jornais e periódicos para adquirir mais vocabulário e escrever melhor. Com o tempo e a prática da leitura, a escrita deixa de ser uma dificuldade para virar um hábito.

 

Atue de maneira preventiva

Um técnico de segurança do trabalho deve passar, acima de tudo, segurança a quem ele está atendendo. Por isso, é de sua responsabilidade atuar de maneira preventiva, e não corretiva. Sempre que um problema estiver despontando no horizonte, o técnico tem que se impor para evitar acidentes sérios.

Para você ter uma ideia, entre os anos de 2007 e 2013 a Previdência Social registrou 5 milhões de acidentes de trabalho ocorridos no Brasil, sendo que 45% acabaram em morte, em invalidez permanente ou afastamento temporário do emprego. Neste contexto, o bom desempenho do profissional de segurança do trabalho representa a garantia da vida.

 

Seja um técnico em segurança do trabalho tolerante

Apesar de estar boa parte do tempo envolvido com documentos e normas técnicas, o técnico em segurança do trabalho deve ser especialista em uma área: pessoas. Ele cuida de gente e, por isso, tem que ser sempre paciente e tolerante com as equipes que atende.

Não adianta nada ter domínio sobre a língua escrita e uma bela formação acadêmica, se não souber tratar bem as pessoas que atende com sua experiência. Afinal, sem elas, o cargo de técnico em segurança do trabalho nem precisaria existir.